segunda-feira, 24 de dezembro de 2007

35.

A todos desejo o mais feliz dos Natais

2 comentários:

Paulo disse...

Obrigado!
Mesmo sem musgo, mas em fundo brilhante, estas figuras são fantásticas, lembram tempos idos. Ainda temos algumas na aldeia, mas muitas delas já se partiram...
Um abraço

altar disse...

É isso que adoro nelas... Estas eram de casa da minha avó e lembro-me exactamente do dia em que fomos comprá-las juntos. A loja ainda lá está, completamente parada no tempo, e ainda tem peças não iguais mas muito parecidas com estas... Hoje plastificou-se o presépio e já quase não se consegue encontrar peças de barro como as da nossa infância...
É pena...
Abraços.