domingo, 28 de setembro de 2008

56. Agnus Dei qui tolis pecatta mundi

(não disponível)



Agnus Dei, qui tolis peccata mundi, miserere nobis.
Agnus Dei, qui tolis peccata mundi, dona nobis pacem.


5 comentários:

Socrates daSilva disse...

Que cordeiro de Deus tão ternurento. E as cores circundantes estão muito bem escolhidas.
Abraço

Anónimo disse...

Para variar, gosto muito deste.
Quando puderes não te esqueças do tiro ao alvo.
bjs

Paulo disse...

tão bonito, este cordeiro de deus! e o fundo parece relva negra :)
abraço

altar disse...

Anónimo:
o tiro ao alvo está mesmo mesmo quase quase pronto... só falta tirar-lhe fotografias e deixá-lo ir fazer companhia ao Santo António, mas a máquina está a arranjar...

Sócrates e Paulo: Obrigado pelos comentários! O tecido preto tem, de facto, muito pêlo. Pensei nos quadros da Josefa d'Óbidos e nos tenebristas espanhóis quando montei este Agnus Dei. Não sei se o deixe partir ou não...

Paulo disse...

aproveito o cordeiro, para desejar bom ano a estas paragens! votos de muitas felicidades neste ano que se prevê agreste!

grande abraço feliz!

(e com saudades!!!! sim, sim, isto é uma reclamação :))